Duas, de Lula: De olho no partido e na intimação...

Quarta Feira, 08 de Março de 2017


Lula deverá concorrer à presidência nacional do PT para reunificar partido

Lula deverá concorrer à presidência nacional do PT para reunificar partido
Foto: Instituto Lula
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá concorrer à presidência do Partido dos Trabalhadores. O petista aderiu ao apelo de dirigentes partidários e sindicalistas, que veem em Lula o único nome capaz de reunificar a legenda.
 De acordo com a Folha, em reunião na semana passada o ex-presidente concordou que sua candidatura seja apresentada às diferentes tendências do PT, para que não seja apoiado apenas por sua corrente (a Construindo um Novo Brasil). O atual presidente nacional, Rui Falcão, ficará encarregado da composição de todas as tendências petistas. alguns dirigentes partidários, no entanto, hesitam em abrir mão da própria candidatura - é o caso de Valter Pomar (Articulação de Esquerda). De acordo com a publicação, diretores do Instituto Lula ainda resistem à candidatura do ex-presidente, por considerarem que o petista será dragado por uma agenda burocrática, ao invés de se dedicar à sua defesa e a uma eventual campanha presidencial. 
Os petistas que são contrários à candidatura de Lula ainda afirmam que o Instituto Lula, hoje em crise financeira, definharia sem a presença do ex-presidente. Se presidente da legenda, o petista terá seus gastos custeados pelo partido, até mesmo viajar em aviões fretados pelo partido


*********************************************************************************

Juiz nega a Lula pedido para depor à distância



O juiz Ricardo Leite, que atua como substituto na 10ª Vara Federal de Brasília, negou a Lula um pedido para prestar depoimento por videoconferência no processo em que é acusado de tentar comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

A solicitação de Lula havia sido protocolada em 8 de fevereiro. Seu depoimento estava convocado para 17 de fevereiro. O magistrado alegou que não haveria tempo para preparar a oitiva à distância. Adiou o interrogatório para 14 de março.

Lula terá de voar até Brasília. Uma eventual ausência será entendida como “falta de interesse em realizar sua autodefesa”, anotou o juiz em seu despacho





fontes: Bahia Notícias e Clóvis Cunha





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Comidas Típicas do Piauí

Artigo: O Endosso-Mandato e o Endosso-Translativo

Artigo: Voz de Prisão: Quem pode e quando se pode dar ...