Política: COM e SEM Poder ou " nada como um dia após o outro...

Sábado, 14 de Maio de 2016

Amigos, o P, que tinha em Lula o " candidato imbatível " nas eleições presidenciáveis de 2018, vive um momento de profunda discussão interna. Mensalão e Lava jato, escândalos maiores, dizimaram a sigla. Enquanto isso, o PMDB, que sempre espreita o Poder, fisiologicamente, volta a mostrar suas garras poderosas. Um Com e outro, Sem Poder...confira...

Tábua de salvação...

Lula admite que PT não tem alternativas para 2018 

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), cotado para a disputa de 2018 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu, em recentes conversas, a falta de alternativas do PT, além dele próprio, para a disputa presidencial de 2018 após a abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

Lula reclama de o PT "não criar quadros". O ex-ministro-chefe da Casa Civil Jaques Wagner e o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, são as opções que defende para a corrida presidencial.

A aliados, Lula reconheceu, no entanto, que, sem cargo na Esplanada dos Ministérios, Wagner dificilmente terá a exposição necessária para se promover para a disputa eleitoral. Uma eventual candidatura de Haddad dependeria, por sua vez, de sua reeleição à Prefeitura de São Paulo neste ano. Embora o prefeito seja presença constante no instituto Lula, o ex-presidente tem recomendado que a imagem de Haddad seja preservada, evitando-se excessiva associação ao partido.

O presidente do PT, Rui Falcão, convocou para segunda (16) uma reunião da Executiva Nacional do PT para discutir a estratégia do partido no pós-impeachment. Na terça (17), será realizada uma reunião mais ampla, do Diretório Nacional. A pauta incluirá o debate sobre a convocação de novas eleições nacionais.

***************************************************************************************************

amigo do rei...

Juiz manda MST desocupar fazenda de amigo de Michel Temer em São Paulo


Juiz manda MST desocupar fazenda de amigo de Michel Temer em São Paulo
Foto: José Cruz/ Agência Brasil
O juiz Luis Augusto da Silva Campoy, da Vara Única de Duartina, interior de São Paulo, mandou o Movimento dos Sem-Terra (MST) desocupar uma fazenda na cidade. A propriedade de 1,5 mil hectares pertence ao ex-coronel da Polícia Militar João Baptista Lima Filho, amigo do presidente interino Michel Temer.

 A Fazenda Esmeralda foi invadida na última segunda-feira (9) por cerca de 800 integrantes do MST. Segundo o Estadão, o grupo ainda não foi notificado sobre a decisão. “Assim que o oficial de Justiça chegar com o mandado, vamos fazer uma assembleia que decidirá o que vamos fazer. Não nos interessa o conflito”, disse Matheus de Assunção, da coordenação estadual do MST. O juiz de Duartina estipulou uma multa de R$ 5 mil para cada invasor em caso de nova ocupação.







fontes:Sete Candeeiro Cajá e Bahia Notícia, respectivamente

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Comidas Típicas do Piauí

Artigo: O Endosso-Mandato e o Endosso-Translativo

Artigo: Voz de Prisão: Quem pode e quando se pode dar ...