Loterias: Falha da Caixa e astúcia do Cunha, o deputado...

Domingo, 10 de Janeiro de 2016

CAIXA ERRA NA 1ª MEGA-SENA DE 2016 E ADIA RESULTADO


Erro para o Bem:

Uma pane no site da Caixa Econômica Federal atrasou o resultado do primeiro sorteio do ano da Mega-Sena e dos outros concursos. Nesta segunda-feira, 4, a Caixa divulgou o resultado do concurso 1.776 da Mega-Sena, realizado no sábado, 2. Nenhum apostador acertou os seis números.
A estimativa da Caixa é que o prêmio atinja R$ 2,5 milhões para o próximo concurso. Os números sorteados em Manhumirim (MG) no último sábado foram: 10 - 11 - 14 - 19 - 39 - 48.
A demora na divulgação do resultado ocorreu por "problemas de ordem tecnológica", que impediram a apuração dos concursos.
Dezessete apostadores acertaram 5 números e levaram o prêmio de R$ 27.190,70. Outras 1.051 apostas foram ganhadoras da quadra (4 números acertados), que arremataram R$ 628,30.
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

Erro para o Mal

Ganho de Eduardo Cunha é mais raro do que loteria, diz PGR

A Procuradoria Geral da República destacou que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), teve mais sorte do que um ganhador da Mega Sena. A afirmação está em um dos documentos que a PGR aponta como prova para pedir o afastamento de Cunha ao Supremo Tribunal Federal, de acordo com informações do portal de notícias Brasil 247
Cunha teria lucrado R$ 917 mil com papéis emitidos por fundos de investimento movimentados pela Prece, fundo de pensão dos funcionários da Cedae, companhia de água do Rio. As transações suspeitas ocorreram entre abril de 2004 e fevereiro de 2005, e também foram alvo de uma investigação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
Segundo o documento, a apuração da CVM constatou que as taxas de sucesso de Cunha nas operações foram de 100% no mercado de dólares e de 98% em outro papel. O parlamentar teria atuado em 23 pregões. O esquema ocorreria da seguinte forma, depois de tomar conhecimento prévio do resultado que as operações iriam gerar, "os operadores deixaram para os fundos todos os negócios com preços desfavoráveis", enquanto alguns clientes determinados das corretoras "realizaram compras e vendas do mesmo contrato futuro que, invariavelmente, resultavam em 'ajustes do dia' positivos".

"Prejuízos ficavam para os fundos e todos os lucros para determinados clientes das corretoras" 
"Prejuízos ficavam para os fundos e todos os lucros para determinados clientes das corretoras" 

"Todos os prejuízos ficavam para os fundos e todos os lucros para determinados clientes das corretoras, dentre eles Eduardo Cunha." Para a PGR, havia um esquema "preordenado e preparado dentro de cada uma das corretoras e distribuidoras intermediárias envolvidas", apontou a PGR, de acordo com o portal de notícias.
"Para se ter uma ideia, a probabilidade de se obter uma taxa de sucesso de 98% ocorre em uma vez para cada 257 septilhões. Sabendo-se que a chance de ganhar a Mega Sena quando se faz a aposta mínima é de 1 em 50 milhões, verifica-se que a chance de uma taxa de sucesso de 98% é praticamente nula e decorre claramente de uma fraude", completou.
As perdas da Prece somaram R$ 56 milhões, entre 2003 e 2005, em valores não atualizados. Em resposta, Eduardo Cunha afirmou à Comissão de Valores Mobiliários em sua defesa que seu desempenho no mercado de capitais decorreu de operar "com convicção".



fontes: UOL e JB, respectivamente

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Artigo: O Endosso-Mandato e o Endosso-Translativo

Artigo: Voz de Prisão: Quem pode e quando se pode dar ...

Comidas Típicas do Piauí